Fugir da correria e da rotina do dia a dia e se jogar numa trilha aos finais de semana é renovador, não é mesmo? Mas é preciso ter em mente que, para entrar em contato com a natureza e recarregar as energias, não podemos deixar de lado nossas responsabilidades. Portanto, devemos sempre listar o que é preciso providenciar de segurança para moto nesses eventos radicais que tanto esperamos!

Levando em conta equipamentos básicos, manutenção, tipo de moto adequada e tudo o que é preciso levar para se ter um passeio perfeito, separamos algumas dicas para você andar sempre com segurança. Continue a leitura e confira!

1. Sempre saia em grupo

A primeira dica é nunca entrar numa trilha sozinho, principalmente se você não conhecer o caminho. Procure estar sempre com várias pessoas, e, de preferência, com pelo menos uma que conheça a localidade. Foque na tocada dos mais experientes, pois eles já sabem alguns macetes da região que podem ajudar você a atravessá-la sem grandes problemas!

Dessa maneira, você evita de se perder ou entrar em estradas perigosas e trechos complicados, mais propícios a quedas e acidentes. E, caso aconteça algum acidente ou falha mecânica, é possível ser atendido rapidamente pelos colegas.

2. Atente aos equipamentos básicos de segurança 

Nas trilhas é preciso fazer o uso de equipamentos básicos de segurança e que estejam sempre em boas condições. A proteção vem sempre em primeiro lugar! Escolha sempre produtos de qualidade e adequados ao seu tamanho.

Capacete, botas, joelheiras, cotoveleiras, luvas, óculos e coletes são essenciais e garantem que você não fique com nenhuma parte do corpo exposta. Além disso, os equipamentos de proteção também oferecem conforto e ajudam na condução da moto nessas aventuras. 

3. Escolha a moto ideal para você

Sendo iniciante ou não, existem tantas opções no mercado que até fica difícil escolher qual a ideal, não é mesmo? Se você está começando, uma dica que poucos sabem é que, na trilha, a potência não é o mais importante.

Motos de 200 cilindradas ou pouco mais podem ser perfeitas para começar, e o investimento inicial não é tão alto. Conforme você for ganhando experiência, aí sim pode trocar sua moto por outra com maior potência, desde que consiga manter o controle.

4. Conheça as técnicas de pilotagem nas trilhas

Para diferentes obstáculos encontrados nas trilhas, é interessante ter algumas dicas em mente, pois sabemos que essa é uma atividade bem diferente do que pilotar em estradas asfaltadas!

A posição é bastante importante, e a mais adequada é ficar de pé, pois isso garante mais equilíbrio. Mantenha os joelhos sempre flexionados, principalmente nas descidas. Se a descida for no meio da trilha, aí o recomendado é ficar sentado e jogar o corpo pra trás. Já na hora de subir, coloque todo o seu peso na parte da frente da moto e não deixe de acelerar para não perder impulso.

O que achou das dicas de segurança para moto na hora de fazer trilhas? Elas são essenciais para que você volte para casa no fim do passeio sem nenhum arranhão!

Aproveite a visita ao nosso blog e confira também nosso artigo sobre os equipamentos essenciais para tornar sua trilha de moto ainda mais segurança. Até breve!