A vontade de ter mais contato com a natureza é constante no estilo de vida do homem moderno, que vive nas grandes cidades e, por conta disso, acabou se afastando do meio ambiente e do seu próprio habitat. Diante dessa realidade, conhecer algumas dicas para fazer trilha de moto na chuva com segurança pode ser muito interessante.

Voltar às nossas origens pode ser ainda mais incrível quando estamos motorizados e cortando caminhos belíssimos, deixando a lama para trás. Entretanto, quando colocamos água nessa equação, todos os cuidados precisam ser redobrados. Confira o conteúdo a seguir e descubra como fazer isso!

1. Use os equipamentos apropriados

Logicamente, você sempre deve usar os acessórios apropriados quando for andar de moto. No entanto, se você for fazer uma trilha em um dia chuvoso, não é difícil perceber que o seu equipamento merece ainda mais atenção. As capas de chuva, por exemplo, são uma escolha fundamental para mantê-lo seco e aquecido durante o trajeto.

Se o local for muito frio ou os índices de precipitação forem muito intensos, as luvas também são uma excelente alternativa, pois se você ficar com as mãos frias você pode acabar se distraindo ou perdendo a pega na manopla. Trajes com faixas reflexivas, que ajudam em situações de baixa visibilidade, também são uma opção.

2. Aposte em protetores de componentes

Os protetores de componentes já são parte integrante do espetáculo do off-road, mas eles são ainda mais essenciais em dias de chuva. Quando você viaja de moto por terrenos muito rústicos e severos, é natural que as partículas de lama, barro e terra acabem voando para todo os lados e atingindo o seu veículo.

Por conta disso, é muito importante fazer de tudo para que os detritos não atinjam as peças e o interior do equipamento, prejudicando a sua segurança. Aposte, por exemplo, em protetores para o farol e para os demais componentes mecânicos que possam ficar, eventualmente, expostos.

3. Não acelere tanto quanto gostaria

É evidente que acelerar faz parte desse esporte radical. Entretanto, para fazer uma trilha de moto na chuva com segurança, é preciso segurar a mão do acelerador. Isso é muito importante, uma vez que a visibilidade do motorista está comprometida e, dessa forma, os riscos de não enxergar um obstáculo ou de levar uma fechada são bem maiores.

Sendo assim, desacelerar quando você não estiver enxergando bem à frente e ter cautela durante todo o trajeto é bastante aconselhável.

4. Troque o pneu dianteiro da moto

Andar com o pneu descalibrado ou careca é um perigo em qualquer terreno e em qualquer situação, pois quando ele está com essas características, ele perde a sua eficiência e se danifica mais facilmente. Porém, se você estiver fazendo uma trilha na chuva, é ainda mais importante que os sulcos estejam em perfeitas condições.

Somente dessa maneira, eles estarão cumprindo a sua função que é que a água passe por eles e, dessa maneira, se evite a aquaplanagem. Calibre os pneus adequadamente e, se eles estiverem muito gastos, providencie a sua troca (sobretudo no caso do dianteiro) e evite acidentes.

Seguindo essas dicas, você pode fazer a sua trilha de moto na chuva com segurança total, aproveitando somente a diversão de acelerar junto à natureza!

Gostou de aprender como fazer uma trilha de moto na chuva com segurança? Então confira também nosso artigo sobre como escolher uma moto de trilha!