Quando um veículo começa a apresentar problema na bateria, é preciso ter atenção para não sofrer com imprevistos. A bateria é um dos componentes elétricos mais importantes de uma motocicleta por ser, além da sua fonte de energia, a única responsável por alimentar todo o sistema elétrico do veículo.

Continue lendo este artigo para conhecer um pouco mais sobre o funcionamento da bateria e saber o momento ideal de trocá-la. Boa leitura!

Qual a durabilidade de uma bateria?

De um modo geral, grande parte das baterias é selada — não necessita de qualquer tipo de recarga com água — e tem uma vida útil aproximada de 2 a 4 anos a depender do modo de uso e dos cuidados do motociclista. Além disso, não precisam de manutenção.

Já as baterias convencionais, normalmente utilizadas em motos mais antigas, têm uma durabilidade máxima de um ano e meio, sobretudo se o veículo funcionar com injeção de combustível.

Quais sinais apontam um problema na bateria?

Sempre que a bateria da moto estiver fraca ou com defeito, apresentará “sintomas” que indicam que está na hora de substituí-la por uma nova. Conheça abaixo os sinais mais comuns.

Quando você gira a chave de ignição e a moto não responde

Se você dá a partida e a moto não liga nem acende o painel de luzes, isso significa que a bateria está vencida ou descarregada. Para abastecê-la novamente, utilize algumas pinças conectadas a outro veículo, coincidindo os polos positivos e negativos. Ligue primeiro o automóvel carregado e, depois, a sua moto. Se der certo, o veículo apenas estava sem carga e poderá ser usado normalmente. Acelere a motocicleta e a utilize por uns 20 ou 30 minutos.

Entretanto, se continuar sem resposta, talvez seja necessário trocar a peça. Para saber, utilize um medidor de baterias. Esse dispositivo mostra a intensidade elétrica que a caixa é capaz de fornecer. Se a voltagem indicada não for suficiente, compre outra bateria.

Quando a moto fica parada por dias

Quem usa uma moto com menor regularidade, como em finais de semana, precisa ter atenção à bateria para garantir que ela não descarregue por completo. O indicado é correr cerca de 5 km por dia para manter a carga. Isso é suficiente para estender a vida útil da peça.

Existem outros agravantes que podem reduzir rapidamente a carga, como uso de alarmes e rastreadores. Esses dispositivos gastam muita energia e funcionam mesmo quando a motocicleta está estacionada.

Quando o clima não é favorável

O estado da bateria pode ser acentuado mais rápido no inverno devido às baixas temperaturas, que dificultam a partida pela manhã. Isso se torna ainda mais complicado quando os veículos ficam parados por dias, pois o motor não tem potência suficiente para funcionar por ter o óleo mais espesso.

O tempo úmido também compromete o sistema elétrico e pode queimar algumas lâmpadas, gerando consumo excessivo de carga. Isso significa que, caso a tensão elétrica na bateria fique baixa demais, a bomba de combustível e a bobina de ignição não trabalham normalmente. Logo, basta acionar a luz de freio para que a moto pare de vez.

Quais são as baterias de moto mais indicadas para troca?

As mais indicadas são as baterias Motobatt, que, devido à tecnologia AGM, utilizam separadores em lã de vidro e material altamente absorvente. Isso garante um ambiente interno vantajoso para que os períodos de carga sejam mais longos, concedendo maior durabilidade e eficiência.

Elas também retêm melhor as vibrações e, por isso, são recomendadas para motos de alta performance e de maior cilindrada. Além disso, a Motobatt é certificada pelo Inmetro, o que atesta sua qualidade.

Vantagens:

  • livre de manutenção (bateria selada);

  • única 4 pólos do mundo;

  • maior CCA (Corrente de Arranque a Frio) do mercado;

  • faz parte das baterias oficiais AMA (Associação Americana de Motociclistas) nas especialidades velocross e motocross.

Se as informações mencionadas neste artigo forem colocadas em prática, quando você certamente identificará o problema na bateria com exatidão, bem como saberá o momento ideal de trocar essa peça tão importante para o funcionamento das motocicletas.

Gostou do artigo? Entre em contato conosco e visite a nossa loja virtual para conhecer nosso catálogo de produtos para motos!