O número de motocicletas que rodeiam o país tem aumentado significativamente a cada ano. Isso porque, além de servir como uma alternativa de deslocamento mais econômica, a moto é uma boa opção para acompanhar qualquer motociclista em seus momentos de distração. Mas, claro, isso só é possível caso a manutenção preventiva esteja em dia, para ela não deixá-lo na mão.

Um veículo de duas rodas que pode atingir uma velocidade alta exige cuidados redobrados, independentemente do tempo de uso e dos quilômetros rodados, uma vez que uma falha na manutenção pode causar um grave acidente.

Além de evitar surpresas desagradáveis, como a quebra da motocicleta, a manutenção preventiva pode trazer vários benefícios para o piloto. Quer saber quais são eles? Então continue lendo este artigo e confira!

Garante maior segurança em viagens e trilhas

Quando se pretende viajar ou divertir em trilhas, apesar de ter definido uma rota, geralmente não sabemos ao certo onde vamos circular com a moto.

Por isso, é preciso verificar alguns itens para garantir uma maior segurança, como a luz de sinalização, o funcionamento dos faróis, os filtros, as condições dos pneus e os níveis adequados do óleo do motor e do fluído de freio.

Essas peças podem ser inspecionadas visualmente e certifica que a motocicleta tenha condições de rodar de maneira segura.

Previne que o motociclista fique na mão

Permanecer nos acostamentos da cidade com o pisca alerta ligado e ter que arcar com gastos inesperados é o que normalmente acontece quando o proprietário leva a motocicleta para a manutenção apenas quando ela apresenta algum problema ou defeito.

Mas, quando se realiza a manutenção preventiva e o piloto passa a conhecer algumas peças que fazem parte da moto, algumas surpresas desagradáveis são evitadas.

Evita maiores prejuízos

Uma motocicleta bem cuidada garante maior segurança e necessita de menos recursos para realizar o seu papel. No entanto, é preciso ficar atento com alguns itens que costumam dar mais defeitos, como suspensão, rolamentos, luz de freio, freio dianteiro e pneu traseiro.

Além de colocar em risco a segurança e poder causar acidentes, transitar com algumas peças em mau funcionamento na cidade e rodovias é infração de trânsito. Vale ressaltar que no caso do esporte off road, não existe uma legislação específica.

Com uma simples manutenção preventiva é possível economizar gastos futuros, evitar maiores prejuízos e manter a moto sempre segura e confiável para enfrentar vias urbanas e outros tipos de terreno.

Permite mais valorização na hora da venda

A venda de qualquer veículo usado é um dos momentos mais complexos. Se a moto estiver bem cuidada e com a mecânica em dia, provavelmente a negociação se tornará mais fácil. Caso a venda ocorra de maneira particular, o valor do repasse pode ser o da tabela ou o mais próximo disso. Já para uma concessionária ou loja, uma boa análise da motocicleta pode melhorar a negociação.

Contudo, uma moto que não realiza a manutenção pode perder um valor significativo de mercado na hora da venda, além de ter dificuldade para encontrar um comprador, já que ninguém quer ter esse tipo de problema.

Por isso, criar o hábito de realizar a manutenção preventiva da moto é muito importante, uma vez que diminui os custos, evita surpresas e prolonga a vida útil do veículo. Assim, é possível pilotar com segurança e viajar tranquilo.

E você, tem feito a manutenção preventiva de sua moto frequentemente? Gostou do post? Deixe seu comentário e compartilhe a sua opinião!