A prática dos esportes off-road demanda certa organização dos entusiastas, que precisam constantemente se assegurar das condições de seus equipamentos. Entre a infinidade de esportes no mundo, existem aqueles que exigem menos ou mais instrumentos para o seu exercício. O segundo caso é o do motocross, que demanda inúmeros equipamentos para uma prática segura e divertida. 

Sendo assim, todo “trilheiro” conhece o zelo necessário com a sua moto e demais equipamentos. Esse cuidado, inclusive, pode influenciar o desempenho nas pistas, tanto positiva quanto negativamente. 

Portanto, neste post, abordaremos este tema fundamental à comunidade das trilhas, demonstrando as melhores práticas na conservação dos equipamentos para off-road. Acompanhe!

Como conservar os equipamentos para off-road?

Quando destacamos equipamentos para off-road, fazemos menção a todos os itens fundamentais à prática. Portanto, considere a mecânica da sua moto como a protagonista dos seus cuidados. Agora, elencaremos alguns cuidados que colaboram na conservação da motocicleta.

O primeiro conselho é para que você mantenha a sua moto limpa, lavando-a após cada dia de trilha. Lembre-se de que o acúmulo de sujeira — seja seca, arenosa, lamacenta ou úmida — promove danos abrasivos e oxidantes aos componentes da moto, acelerando tanto o desgaste das peças quanto o surgimento de problemas.

Um segundo cuidado indispensável é manter a sua motocicleta em dia com a manutenção, sendo assíduo às revisões periódicas. Elas são fundamentais para identificar, com antecedência, problemas em todos os sistemas da moto, que podem acarretar maiores gastos e incômodos em manutenções corretivas.

Por fim, uma velha prática do motocrosseiro sensato: sempre ficar de olho à calibragem dos pneus, pois eles influenciarão diretamente no seu desempenho nas trilhas, interferindo tanto na pilotagem quanto no consumo de combustível.

Agora, confira o conjunto de práticas para manter a sua motocicleta sempre pronta para encarar as trilhas! 

1. Olho atento aos componentes

Esta é uma dica bacana a todos os pilotos — novatos ou não. Afinal, qualquer detalhe ignorado aqui poderá implicar em uma performance ruim ou em um acidente. Portanto, adote algumas práticas, como a inspeção das pastilhas, lonas do freio, estado da bateria, lâmpadas e lanternas, velas de ignição, coroa, corrente e demais componentes, substituindo sempre que houver desgaste avançado.

2. Sem folgas

Já nesta dica, o que vale é o cuidado para observar se não existe nenhum parafuso solto, verificando e apertando qualquer folga que haja na montagem da sua moto. Por isso, com as chaves apropriadas em mãos, dê aquele aperto final nos pedais — de câmbio e partida —, guidão, discos do sistema de freio e demais juntas que precisem de ajuste.

3. Fluidez é tudo 

Seja mecânico ou hidráulico: todo sistema que inclui atrito em sua operação funcionará melhor quando lubrificado. Então a dica é ficar de olho nesses fluidos, checando o nível de óleo no reservatório do motor e aplicando óleo lubrificante em componentes, como o braço da suspensão traseira, o cabeamento da condução (acelerador e embreagem) e a corrente.

4. Atenção especial com as botas

Mas não são apenas esses cuidados que merecem sua atenção! As botas utilizadas durante a prática off-road também merecem alguns cuidados especiais para não se desgastarem rapidamente. Sendo assim, vale a pena seguir algumas dicas como as seguintes:

  • sempre limpar as botas após um dia de trilhas, removendo o grosso da sujeira seca com uma escova, posteriormente lavando com esponja e sabão neutro;

  • evitar máquina de lavar, jato d’água, escovas de aço, produtos químicos e abrasivos. Todos danificarão a bota de alguma maneira irreversível — seja no abrasão, desbotamento ou ressecamento;

  • apenas armazene a bota quando ela estiver completamente seca, também evitando guardá-las dentro de sacos que impeçam a oxigenação do material, evitando umidade e odores. 

Bastante coisa, não? Mas acredite, todo zelo tem seu motivo, pois equipamentos de qualidade merecem ser conservados com a devida importância para que tenham sua durabilidade prolongada.

Curtiu este post com dicas práticas à conservação dos seus equipamentos para off-road? Então não perca a oportunidade de receber mais conteúdos como este, diretamente na sua caixa de entrada. Basta assinar a nossa newsletter!