Ah, as competições fora de estrada… Nada se compara à adrenalina das trilhas lamacentas. No entanto, a história do off-road nem sempre esteve relacionada à emoção dos ralis e dos enduros. Na verdade, tudo começou com conflitos políticos.

Neste post, você vai encontrar um minicompilado das principais informações históricas do off-road. Sem mais delongas, embarque nesta leitura!

Quando e como surgiu o off-road?

O off-road surgiu durante a II Guerra Mundial (1939–1945). À época, o governo estadunidense precisava de um projeto robusto, de fácil montagem e que pudesse transitar em terrenos muito irregulares. Quem diria que sob esse pretexto nasceria uma paixão competitiva?

Então, sob encomenda do exército norte-americano, foi projetado e fabricado o Jipe original, de 1941. Já em 1942, a montadora responsável pela fabricação desse veículo lançou a marca Jeep, detentora de inúmeros clássicos automotivos da adrenalina fora da estrada.

Daqueles tempos sombrios aos dias de hoje, a história do off-road testemunhou ganhos significativos na tecnologia dos veículos (motos, carros, caminhões etc.) e no entretenimento dos seus entusiastas, graças aos inúmeros torneios mundialmente consagrados, como o Rali Dakar e o FIM Motocross World Championship.

Como são as competições off-road?

As competições variam de acordo com as modalidades do evento. Veja, a seguir, uma breve descrição de 3 das principais modalidades das competições off-road.

Motocross

Circuitos fechados e de ambientação natural, como trilhas florestais e afins. As trilhas geralmente apresentam grande dificuldade, exigindo muito dos pilotos. O motocross tem uma extensão média de 1,5 quilômetro, com todos os motociclistas partindo juntos e ganhando aquele que chega 1° ao final.

Enduro

Esse nome pode até causar estranhamento, mas vem do termo “endurance”, que significa “resistência”. Essa modalidade tem 2 variações: regularidade e velocidade, ou FIM.

A FIM exige resiliência e expertise mecânica do piloto, que não contará com auxílio técnico caso precise de reparos. Já a distância do trajeto costuma ser bastante longa, chegando a até 5 voltas por percurso.

Identifica-se o campeão por meio da soma dos tempos. A menor marca, como é esperado, coroa um vencedor.

Freestyle

Nessa modalidade (“estilo livre”, em português), o que importa é tirar o fôlego dos espectadores por meio de saltos e manobras. Todas as manobras são avaliadas por uma bancada de jurados, que pontuam conforme dificuldade, utilização do percurso, reação da plateia e outros critérios.

Quais são os equipamentos mais indicados para o off-road?

Para além dos veículos devidamente adaptados à prática do esporte, é fundamental adquirir equipamentos que garantem a segurança do piloto.

Os itens fundamentais para a prática do off-road são:​

  • luvas;
  • botas;
  • óculos;
  • macacão;
  • capacete; e
  • joelheiras.

Maxx Fun comercializa produtos com a melhor relação custo-benefício e conta com um portfólio rico em peças de alta qualidade e durabilidade.

Quem pode praticar esportes off-road?

Todos aqueles dotados de sensatez e bravura. É evidente que algumas modalidades demandam maior conhecimento técnico de mecânica. Porém, essencialmente, existem torneios, competições e oportunidades para qualquer pessoa participar.

As competições fora de estrada aglomeram todas as pessoas apaixonadas pela velocidade e que respeitam a natureza.

O que você achou da história do off-road? Se gostou, não perca tempo, leia agora mesmo o post “Esportes off-road: saiba mais sobre as diferentes modalidades” e se prepare para embarcar nessa aventura!